Copywriting: 3 Palavras Que Detonam Suas Cartas de Vendas

By on 30 de setembro de 2015
copywriting, copywrite, palavras que vendem, tecnicas de copywriting, cartas de vendas, carta de vendas, gatilhos mentais, copywriter profissional

Do Escritório de Gustavo Ferreira
Quarta-Feira – 30/09/2015

Caro Amigo,

Hoje é um dia especial!

Porque estou quase terminando alguns materiais… que estão simplesmente fantásticos!

É um material poderosíssimo sobre copywriting que estou preparando que com certeza você vai adorar!

E como estou nessa correria danada (até estou dando consultoria internacional, olha como estou chique!), hoje o post é um pouco mais curto… porém, é mais uma técnica de copywriting muito simples… que aumentará muito o poder das suas cartas de vendas.

Preparado?

1ª Palavra Que Acaba Com Suas Cartas de Vendas

Existe uma palavra que você deve eliminar completamente na sua carta de vendas.

Esta palavra é… não.

Sim, isso mesmo!

Pense o seguinte… quantas vezes você ouviu a palavra “não” e ficou feliz com isso? 🙂

O mesmo efeito inconsciente acontece nas suas cartas e vídeos de vendas…

Apenas o fato de você tirar a palavra “não” irá forçar a reescrever frases inteiras… porém você terá tirado bloqueios inconscientes do seu cliente.

Lembre que você precisa “ensinar” seu cliente a balançar a cabeça positivamente. E tirar as palavras “não” já é um ótico começo!

2ª Palavra Que Acaba Com Suas Cartas de Vendas

A segunda palavra que cria diversos “bloqueios inconscientes” na cabeça do seu cliente…

É a palavra mas.

copywriting, copywrite, palavras que vendem, tecnicas de copywriting, cartas de vendas, carta de vendas, gatilhos mentais, copywriter profissional

Que imagem dramática, não? Só que é isso que acontece no cérebro do seu cliente…

Imagine que você está conversando com alguém e a conversa é mais ou menos assim:

“Sabe, você realmente é uma pessoa fantástica, comprometida, responsável e tem todas as qualidades boas do mundo… mas você cometeu um erro xyz.que gerou muitos problemas”

O poder do “mas” é tão forte… que no seu inconsciente você nega tudo que foi dito anteriormente… e fica somente com a informação “você cometeu um erro”.

Veja, não é um problema da palavra… mas da nossa cultura.

Você pode substituir a palavra “mas” por “porém”.

Sim, tem o mesmo efeito semântico… mas a palavra “porém” tem um efeito psicológico muito mais leve que a palavra “mas”, porque não é usado com tanta frequência.

Simples assim.

E você também pode substituir a palavra “mas” por “e”.

Então vamos pegar aquela frase de exemplo novamente:

“Sabe, você realmente é uma pessoa fantástica, comprometida, responsável e tem todas as qualidades boas do mundo… e você cometeu um erro xyz. que gerou muitos problemas”

Mesma frase, concorda?

Porém, a diferença é… você continua sendo uma pessoa fantástica, apesar de que cometeu um erro!

Uma diferença sutil… e que você pode usar na sua carta de vendas agora mesmo.

3ª Palavra Que Acaba Com Suas Cartas de Vendas

E por último, a terceira palavra que você deve eliminar da sua carta de vendas é…

Eu.

Imagine que você encontra uma pessoa e a conversa corre mais ou menos assim:

“Oi, eu sou super legal, e eu gosto muito de lasanha, e eu trabalho com copywriting.”

Admita… que conversa chata, não é? 🙂

Porém… preste atenção… será que nos e-mails, cartas e vídeos de vendas, no seu site… você não está falando demais de você?

Entenda que as vezes você realmente precisa usar a palavra “eu”… apenas faça isso o mínimo possível, e tende tirar a palavra “eu” e usar apenas o verbo em primeira pessoa.

Por exemplo, ao invés de falar “eu gosto de…”, diga “gosto de…”.

Já alivia bastante. 🙂

A grande questão é: se você falar de você… não está falando do seu cliente… e se você não está falando do seu cliente… não importa para ele… e se não importa para ele… ele não irá comprar…

Ou seja, esse já é um ótimo motivo para falar menos de você e mais do seu cliente, concorda? 🙂

Vídeo Complementar: Fale Com Você (princípio da Comunicação Persuasiva)

 

Deixe seu comentário!

 

À Sua Riqueza e Felicidade!

Gustavo Ferreira

About Gustavo Ferreira - Copywriter Profissional

Empresário, copywriter profissional e consultor estratégico de negócios.

5 Comments

  1. jose

    30 de setembro de 2015 at 11:02

    D+!

    Teus conteúdos são incríveis!

    Fácil de entender e de extrema qualidade!

    Abraço!

    • copycon

      30 de setembro de 2015 at 11:34

      Grato José!
      Fico feliz que você tenha gostado, realmente é esse o objetivo!
      Grande abraço!

  2. Graça Gouvêa

    30 de setembro de 2015 at 12:16

    Bons esclarecimentos. O poder das palavras escritas ou faladas é muito maior do que podemos imaginar.
    Abs

    • copycon

      30 de setembro de 2015 at 14:05

      Com certeza! E são pequenos detalhes que fazem total diferença

  3. Pingback: 179 Palavras que Vendem: Como Criar Headlines Poderosas! - CopyCon

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *