Porque Não Vou Falar Feliz Natal (só que vou)

By on 24 de dezembro de 2015

Do Escritório de Gustavo Ferreira
Quinta-Feira – 24/12/2015

Caro Amigo,

Hoje é véspera de Natal.

Essa semana eu tinha planejado entregar um mega conteúdo para você, porém meu corpo e minha cabeça pediram para descansar.

E respeitei isso.

Então meu presente de Natal vou entregar semana que vem, ok? 🙂

E vou aproveitar essa data para NÃO desejar Feliz Natal.

Porque esse sentimento de amor, compaixão e reflexão que aflora nessa época deveria te acompanhar o ano todo, todos os dias.

Assisti há alguns anos um filme francês chamado “Joyeux Noel”, onde soldados na Primeira Guerra Mundial estavam nas trincheiras e fizeram um cessar fogo neste dia.

Inclusive com uma confraternização entre os dois “inimigos”.

Resumindo, eles não conseguiam mais lutar.

Porque perceberam que todos eram iguais.

A guerra não tinha mais sentido.

Por isso, peço que você reflita O QUE faz sentido para você.

E desejo que você seja PLENO.

Que todos os dias possam ser um dia de gratidão e amor.

Porque com isso…

Seus projetos, seus sonhos acontecem.

E assim você consegue construir sua Riqueza e Felicidade.

Um grande abraço, Feliz Natal (eu disse que falaria) e aproveite para se preparar para ir com tudo para 2016!

À Sua Riqueza e Felicidade!

Gustavo Ferreira

PS: o ano ainda não acabou, e semana que vem tem presente 😉

PPS: esta também é uma lição de marketing para você. Você tem clientes ou leads? Mande uma mensagem simples de Feliz Natal.
Eles irão gostar e te valorizar por isso.

About Gustavo Ferreira - Copywriter Profissional

Empresário, copywriter profissional e consultor estratégico de negócios.

2 Comments

  1. Afonso Nast

    11 de fevereiro de 2016 at 22:06

    Porque esse sentimento de amor, compaixão e reflexão que aflora nessa época deveria te acompanhar o ano todo, todos os dias.

    Muito bem Gustavo. Parabéns pela frase.
    Eu não sou de ir ao culto, vou no máximo uma vez por ano porque minha esposa e um dos meus filhos são Testemunhas de Jeovha e eu aprendi na bíblia que Jesus pediu para que comemorássemos a morte dele (na Páscoa), que foi para nos salvar.
    Quanto ao Natal, é apenas uma festa do comércio e tudo indica que o nascimento de Jesus nem foi em Dezembro, mas no Verão Europeu.

    • Gustavo Ferreira - Copywriter Profissional

      12 de fevereiro de 2016 at 07:22

      Grato Afonso 🙂
      Também já ouvi que pode ter sido em Junho, mas procuro evitar conflitos rs 🙂
      Grande abraço!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *