Como Você Valida Sua Oferta (e porque isso me fez falir em 2011)

By on 15 de setembro de 2016
como validar uma oferta - pre venda

Do Escritório de Gustavo Ferreira
Quinta-Feira, 15/09/2016, 11:57

 

Caro Amigo,

 

Hoje é um dia especial…

 

Porque hoje é dia de Quinta de História!
(e amanhã é nossa Sexta de Vendas, fique atento!)

 

Era 2011, e com um grande amigo decidimos abrir novamente uma empresa.

 

Resumo da história, ficamos NOVE MESES desenvolvendo uma ferramenta de controle financeiro pessoal.

 

Era uma boa ferramenta…

 

As pessoas disseram que queriam comprar…

 

E passamos meses desenvolvendo.

 

Para você ter ideia da dimensão, foram pouco mais de 60 mil reais investidos.
(conto mais alguns detalhes dessa história no meu livro)

 

Quando finalmente fomos para o mercado…

 

Tivemos 4 vendas de R$ 50.

 

ISSO é um ROI negativo 🙂

 

Claro, na época ainda não tinha o conhecimento e a vivência que tenho hoje.

 

E cometi vários erros em sequência.

 

Mas, o principal de todos foi…

 

Investi meses criando algo que as pessoas não comprariam.

 

É por isso que repito isso várias e várias vezes.

 

Se você…

 

… Quer começar algo novo …

… Tem uma oferta nova ….

 

E quer saber se as pessoas vão REALMENTE pagar por isso…

 

Venda ANTES de investir tempo e dinheiro.

 

Aqui você tem duas opções principais.

 

#1… Faça uma pré-venda

Formate e crie sua oferta, e ofereça para as pessoas.

Se 10 pessoas pagarem por essa oferta, significa que tem demanda.

E você pode continuar investindo.

A pré-venda é complicada porque você precisa realmente cumprir com sua promessa e com seu prazo.

Mas lembre, não há NADA errado nisso.

Elon Musk fez uma pré-venda de mais de um bilhão de dólares dos carros da Tesla.

Você pode oferecer condições especiais para quem entrar nessa pré-venda, seja desconto, ou bônus exclusivos.

E, claro, tem um jeito BOM e um não tão bom de fazer isso.

O jeito BOM, é você propor criar algo transformador de verdade, que as pessoas amam e desejam.

O jeito não tão bom, é fazer como há pouco tempo uma empreendedora famosa fez: parecer oportunista, não ser clara na comunicação, e não mostrar uma proposta de valor que faça diferença.

“Crowdfunding” é maravilhoso.

Se você me conhece, sabe que vivo fazendo isso (vender antes de criar).

Mas entregue e crie valor REAL para seus clientes.

A ideia da pré-venda, mais do que
validar a demanda, é você pegar o caixa para investir na criação do produto.

Por exemplo, recentemente fiz uma pré-venda secreta com dois objetivos:

1. Pegar feedback das pessoas sobre o que elas querem…

2. Investir para desenvolver MAIS RÁPIDO a solução.

Eu tenho caixa. Mas com o novo influxo, posso acelerar ainda mais o desenvolvimento.

#2… Apenas valide o interesse

 

Essa é extremamente simples.

 

Um dos meus mentores queria saber se existia demanda para determinado produto que ele estava avaliando.

 

Ele fez algo muito simples…

 

Criou um relatório “genérico” de uma página, e pediu o “opt-in” das pessoas.

 

Na página de obrigado, ele pediu 2 dólares para um relatório personalizado.

 

Com esse movimento, ele validou duas coisas…

 

As pessoas tinham interesse no assunto e as pessoas PAGARAM pela informação personalizada.

 

Veja que o ponto não é apenas o valor financeiro.

 

Depois que algumas pessoas compraram essa oferta de 2 dólares, ele simplesmente devolveu o dinheiro.

 

Porque ele só queria saber se as pessoas colocam a mão no bolso para aquela dor.

 

Veja, tudo é lindo e maravilhoso.

 

Você dá uma ideia, as pessoas amam.

 

Mas, se você pedir para elas pagarem 2 reais por isso que você acabou de falar, a conversa muda totalmente de rumo.

 

ESSE é o objetivo da pré-venda.

 

Se eu tivesse entendido isso há 5 anos, talvez não teria falido aquela empresa (ou pelo menos teria mais do que quatro vendas 🙂

 

Então hoje fica essa reflexão para você.

 

Está com uma nova ideia?

 

Veja se as pessoas realmente querem.

 

À Sua Riqueza e Felicidade

 

Gustavo Ferreira

About Gustavo Ferreira - Copywriter Profissional

Empresário, copywriter profissional e consultor estratégico de negócios.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *