Do Zero à 1ª Venda em 2 Semanas (parte 2)

By on 15 de junho de 2018
Estudo de Caso

Do Escritório de Gustavo Ferreira
Sexta-Feira, 15/06/2018

 

Há algumas semanas compartilhei a “parte 1” e a “parte 2” de um estudo de caso que estou documentando como farei para ir do “zero” aos 2 mil reais por mês.

Para refrescar a memória, veja aqui:

Se você não está participando do grupo do Facebook, terá que pedir seu acesso para poder visualizar.
Agora, nessa parte vamos falar do que eu fiz nessas quase duas semanas.

Veja, comecei do zero absoluto, e…

Consegui Minha Primeira Venda em Apenas 2 Semanas
(o trabalho “braçal”começou de fato no dia 30/05, duas semanas anteriores de preparação, e anúncios começaram pra valer apenas no dia 05/06)
Veja…

Nesse momento do projeto, não estou tão preocupado em criar um conteúdo mega excepcional.

Porque nesse momento,você precisa validar duas coisas…

1. Se as pessoas estão gostando do que você está escrevendo

2. Se o que você cria é suficiente para as pessoas deixarem pelo menos nome e e-mail (capturar lead)

3. Se as pessoas pagam pelo que você oferece

Bem, antes de começar esse projeto eu não sabia absolutamente NADA sobre o nicho.

Então, fiz o básico. Comecei a pesquisar.

Vamos supor que o nicho que você quer explorar é de “vassouras”.

Comecei a procurar por…

“Quais tipos de vassouras existem”…
“As vassouras mais raras do mundo”…

“A forma correta de usar uma vassoura”

“Como cuidar da sua vassoura”

“Como Consertar uma Vassoura”

E por aí vai.

Lembre que fiz uma pesquisa preliminar com mais de 40 palavras chave.

E fiz o… básico.

Criei minha própria versão de…

“15 Tipos de Vassouras”

“5 Dicas Para Cuidar da Sua Vassoura”

“Técnica de Limpeza Ninja com Sua Vassoura”

Não se engane.

Deu um mega trabalho, dois dias inteiros escrevendo.
(porque não domino o nicho – e de verdade, nesses dias não estava muito afim de escrever)

Mas no fim criei 5 artigos (com aproximadamente mil palavras cada um, e várias imagens), uma página no Facebook e uma conta no Instagram.

Também criei 6 e-mails com uma sequência básica, e fiz uma página simples de captura para um “mini curso por e-mail”.

Também criei minha própria página de vendas, com base na página do produtor (para testar, estou usando um produto afiliado).

Basicamente, otimizei a copy.

E…

Paguei para testar.

Teste #1: Impulsionar publicações no Facebook
Eu sei que o Facebook é uma bosta. Mas ainda sou teimoso e preciso refazer todos os testes da cartilha.

Peguei duas publicações e impulsionei.

Cerca de 300 cliques (aproximadamente R$ 5 por dia, por 4 dias).

Zero leads.

Err…

É, Facebook é uma bosta. Eu sei. Mas tinha que ter certeza.

Antes de partir para o segundo teste, deixei apenas uma campanha de likes rodando, com R$ 3 por dia (lembre disso daqui a pouco).
Teste #2: Adwords
Muitos temem o Google, mas ele é meu best friend ultimamente.

Peguei os 3 artigos que eu mais gostei…

E comecei a mandar tráfego, também com R$ 5 por dia.

Cerca de 400 visitas em 1 semana, e consegui meus primeiros 10 leads.

Veja que é uma conversão de 2,5%, mas o tráfego está indo direto para um artigo.

Obviamente o custo por lead está alto ainda, mas aí entra o próximo teste.

Teste #3: Remarketing
Não sou exatamente um “ás” nisso…

Mas para mim, o remarketing deve funcionar da seguinte forma:

1. Quem fica mais de 30 segundos no site, recebe o pixel do Facebook

2. Quem não é lead, recebe o remarketing no Facebook para fazer parte do curso gratuito

Paralelo a isso, quem “curte” a página (lembra do primeiro teste?), também passa a receber por uma janela de 7 dias um “semi remarketing” para participar do curso gratuito.

Ainda estou tendo algumas dificuldades com isso, mas com essa estratégia estou conseguindo leads por menos de R$ 0,40…

E precisei de menos de 50 leads (menos de R$ 20), para conseguir minha primeira venda, também com comissão de R$ 20.

Teste #4: Remarketing 2
Decidi deixar isso separado, mas é uma extensão do teste anterior.

Quem vira “lead”, passa a a receber remarketing para comprar o produto.

Simples 🙂

Insights não tão claros (e 1 não tão legal)…
Com tudo isso, estou recebendo uma média de 10 a 15 leads por dia…

Mas meu Adwords não estava contabilizando tudo que estava etrando.

Nem meu remarketing…

Ou seja…

A minha campanha de “likes” indiretamente gera leads (porque deixei fixo na página o link do curso gratuito).

E…

Minha campanha de e-mails, apesar que já consegui a primeira venda… está fraca.

Porque estou há tantos anos trabalhando com público empreendedor, que esqueço que “pessoas normais” acessam e-mails com menos frequência.

Então minhas aberturas estão abaixo da média (cerca de 15%, quando o normal é 25% a 30%) 🙁

Mas…

Como bom menino maroto que sou…

Vou replicar a mesma campanha de e-mails por chatbot.

E também vou fazer os seguintes testes:

#1. Remarketing pela display network do Google

#2. Remarketing otimizado pelo Facebook

#3. Testes de novas audiências pelo Facebook

#4. Criar uma sequência de e-mails otimizada com cerca de 20 a 30 e-mails, incluindo recuperação de vendas, mesmo como afiliado

#5. Criar um grupo no Facebook

Daqui mais umas duas semanas te aviso como foi.

Aliás…

Criei apenas 5 artigos, e já estou com mais uns 20 na fila para serem construídos… além dos “mega artigos” que até o fim desse mês devem ficar prontos também.

Diga o que você achou nesse post do grupo do Facebook.
(se você ainda não está participando, terá que pedir seu acesso)

À Sua Riqueza e Felicidade!

Gustavo Ferreira

PS: mesmo estando no “prejuízo” (porque ainda não recuperei todo o investimento que fiz em ads por conta de todos os testes), ainda estou na fase de validação.
E o que estou fazendo é a construção de um ativo. Porque o próprio Facebook e Google me darão tráfego orgânico e pago o suficiente, e estimo que poderei manter um investimento de 20-30 reais por dia, e começar a ter retornos na ordem de 5 vezes.

Mas é só uma estimativa 😉

About Gustavo Ferreira - Copywriter Profissional

Empresário, copywriter profissional e consultor estratégico de negócios.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *